Ainda Que…

Por Gilaelson 12 de julho de 2016 Religião

Ainda que os meus dias sejam poucos e não permitam que eu venha desbravar os tesouros ocultos desta vida. Ainda que a minha voz seja desconsiderada por aqueles que tosquenejam diante do precipício.

 

Ainda que eu nunca conheça o sabor do caviar, a beleza do diamante ou a sensação de ir a lua testificar os seus mistérios. Ainda que a morte arranque de mim aqueles que me formaram. Sim, os que planejavam o meu futuro, quando eu ainda nem mesmo cérebro tinha.

 

Ainda que não creiam em minha pregação.

 

Ainda que minha saúde se disperse de mim sem a esperança de retornar. Ainda que eu erre por alguns segundos, seja injusto por um minuto e como conseqüência disto seja punido pelo resto da vida.

 

Ainda que o meu chamado seja questionado e o meu discurso posto a prova. Ainda que a terra não seja generosa para comigo, negando-me os frutos das sementes que nela semeei.

 

Ainda que pensem que eu penso o que pensaram os pensadores a respeito do criador, quando pensavam que poderiam pensar o impensável. Ainda que a religião me pareça mais brilhante que o caráter de sua missão.

 

Ainda que minha porção neste século seja menor que minhas expectativas. Ainda que os meus amigos digam: “Amaldiçoa teu Deus e desista”.

 

Ainda que tenha de ouvir do próprio mestre: “Você não quer me deixar também?”. Ainda que chegue o tempo da velhice e eu não veja promessas sendo cumpridas como foi com Abraão.

 

Ainda que mais tarde eu descubra que muitos dos meus sonhos para esta vida, foram simplesmente sonhos. Ainda que a igreja não corresponda os meus anseios de pastor.

 

Ainda que eu perca companhias que complementam minha felicidade. Ainda que eu veja a injustiça galgar espaços nos palácios, nos templos, em lugares onde ela não deveria se quer passar por perto.

 

Ainda que a minha alma se canse e dê sinais de desistência. Ainda que os meus valores não sejam percebidos nem haja reconhecimento algum do meu serviço.

 

Ainda que o mundo me ofereça bens, dinheiro, fama, enfim, coisas que nem mesmo Deus me ofereceu. Ainda que alguém zombe ou despreze as singelas linhas que aqui escrevi.

 

Ainda assim, amarei o meu Deus de todo o coração e reterei firme a confissão da minha esperança que é Jesus Cristo crucificado e ressuscitado pelo Santo Espirito de Deus.

SHARE