Comentário: Samsung é condenada a pagar U$$ 533 milhões à Apple por copiar 3 patentes da Maçã.

29 de maio de 2018

O mundo das disputas corporativas vive mesmo numa dimensão bem mais distante de nós, simples mortais. Estou falando do contexto dos bilhões, executivos que disputam uma guerra diferente da nossa que atualmente brigamos por centavos com o governo brasileiro. Este mês, a corte americana condenou a Samsung por copiar característica de design do iphone, como bordas arredondadas, gráficos coloridos e formato de ícones. A Apple, proprietária do iphone, disse que o design copiado era essencial para o seu produto e pediu 1 bilhão de dólares de indenização. A Samsung ofereceu 28 milhões e a justiça deu pouco mais de meio milhões de dólares.

A Samsung que lidera o mercado global de smartphones há alguns anos, vendeu o ano passado 317 milhões de aparelhos, apesar do fracasso do Galaxy note 7 e da pressão coletiva da qual a Apple está no meio. Mesmo assim, a Sul Coreana se manteve no topo. Mas, o sucesso da Samsung não vem somente das imaginações dos seus criadores e está longe ser uma exclusividade das mentes evolucionistas dos seus engenheiros. Vem também, das cópias de produtos patenteados, espionagem empresarial e outras jogadas que não estão ao nosso alcance.

Mas, se engana quem pensa que a Apple é uma criacionista em tudo o que faz, ou santificada nesse quesito. Em 1979, com seus 24 anos, Steve Jobs fundador da Apple, foi convidado a fazer uma visita a Xerox, mas aproveitou também para copiar da anfitriã, o nosso conhecido mouse de desktops e sua interface gráfica que mostrou o caminho para o MAC-os, que veio a ser o sistema operacional de computadores Apple. A cópia é reconhecida pelo próprio Steve Jobs em um documentário de vídeo que circula na internet e também confirmada por Bill Gates, que diz ter copiado a ideia para construção do Windows.

Gates e Jobs, sempre afirmaram que não cometeram crime algum, apesar de Jobs ter contratado Bob Belleville e Gates contratar Charles Simonyi, ambos funcionários da Xerox que vieram trabalhar para os espertalhões e trouxeram em suas malas os segredos da Xerox Parc. Resultado, não deu em nada. A corte americana fez vistas grossas e o crime foi abafado. Por isso, a justiça de agora aplicada a Samsung tem uma balança de dois pesos e duas medidas.

Amigos ouvintes e leitores: Se serve de alento para nós brasileiros, a crise de ética e corrupção é uma epidemia que atinge o mundo inteiro, inclusive os gigantes corporativos. É APPLE que copia a Xerox, a Samsung que copia o iphone, a Microsoft que copia Apple e a China, que copia o mundo inteiro. E por aí vai, se construindo impérios fraudulentos que se estabelecem em nome do poder e da legalidade. Nós aqui “embaixo”, enquanto nação, também vivemos nossos desvios éticos”, é claro, em níveis menores. Mas uma verdade fica muita clara! O poder dos homens, sempre inclui uma dose de veneno.

No Comments

Deixe uma resposta

avatar

Publish

Comentário: Globo se une ao governo contra o Brasil-Paralisado
28 de maio de 2018
Silas Malafaia fala bobagem e é chacoalhado na internet
31 de maio de 2018