Um recado a Fábio Porchat, Gregório Duvivier e demais envolvidos

19 de dezembro de 2019

Por Gilaelson

Não é de agora que vocês vêm brincando com a figura do salvador e escarnecendo sua imagem. Quero deixar claro que não estou surpreso e nem chocado com a idiotice de vocês. Até porque, Jesus sempre foi rejeitado e ignorado por muitos ao longo da história. Ou seja, já estamos acostumados e inclusive fomos até avisados por Ele a respeito.

Vocês lembram que mesmo antes de nascer, Ele não teve vida fácil. Na hospedaria por exemplo, não tinha lugar para Ele, e o parto de sua mãe teve que ser em meio aos estábulos. Logo aos dois anos, Ele é ameaçado de morte e tem que fugir para não ser morto ainda bebê. Foi perseguido por ateus, fanáticos e políticos que queriam o seu fim.

Foi traído, zombado, cuspido e por fim, morto por outros idiotas que simplesmente não conseguiram ver a verdade que se cumpria em cada palavra dita por Ele, e confirmada a cada atitude exercida. Portanto, não há nada de novo no que vocês fazem, senão a plataforma da internet que divulga com velocidade esse anátema.

Mas, porque tanto ódio de Jesus, porque Ele incomoda tanto vocês, a ponto de repetirem tantos ataques à sua pessoa? A resposta é simples. A questão de vocês, não é outra, senão a sua doutrina. A verdade é que vocês não suportam a verdade ensinada por Ele.

E de fato, Ele não compactua com o que vocês acreditam, não carimba o que vocês defendem e nem valoriza seus valores. De modo que, o que vocês dizem Dele. Só atesta que vocês não têm parte com Ele e nem podem ter.

Quero finalizar dando-lhes uma notícia muito desanimadora. Não tem como parar ou enfraquecer sua doutrina e muito menos acabar com seus seguidores. Desde o primeiro século que outros idiotas vêm tentando desqualificá-lo, até ao ponto de o matarem com desespero. Mas Ele venceu até a morte, deixado claro que ele está acima de todos, eternamente, amém!

E sugiro que tenham cuidado! Porque de Deus não se zomba, tudo que o homem planta, ele colhe! Não, isso não é uma ameaça. Não sou dessa linha radical, afinal de contas, Jesus não nos ensina a vingança. Esse é somente um texto bíblico. Mas, como a bíblia sempre se cumpre, recomendo a vocês o arrependimento para que no dia do juízo, esse mesmo Jesus não lance vocês diretamente pela porta dos fundos.

No Comments

Deixe uma resposta

avatar

Publish

Às vezes a solução está Justamente em desistir
10 de dezembro de 2019
Está faltando alguém à mesa neste Natal
25 de dezembro de 2019